quinta-feira, 12 de março de 2009

O homem que calculava - Malba Tahan

Hallo! (Oi!)

Certo, vamos voltar aos posts interessantes. Chega de papo furado sobre o blog, né? Aos poucos vou ajeitar tudo por aqui, e assim que eu deixar a preguiça de lado, eu faço um novo banner... Bom, eu disse que este post vai ser interessante, então vamos lá...

Há tempos que meu pai e minha mãe veem me dizendo pra ler 'O homem que calculava' e há tempos venho me enrolando pra ler, afinal livro que é nosso a gente nunca tem pressa de ler, certo? Pois bem, criei vergonha na cara e li o livro. Agora eu entendo porquê meus pais insistiam tanto pra eu ler este livro.

O livro conta a história de um calculista persa, que por onde passa resolve problemas aparentemente impossíveis de serem resolvidos, além de passar um pouco de seu conhecimento através de histórias curiosas da matemática. É uma história ideal para os que gostam tanto de ler quanto de resolver problemas matemáticos. (o que é o meu caso)

Uma coisa que é importante reparar é o autor: Malba Tahan. Qual você acha que é a origem dele? Árabe? Errado. Malba Tahan é brasileiro! Isso aí. Malba Tahan é o pseudônimo de Júlio César de Melo e Sousa, escritor e matemático carioca.

A história foi traduzida para o espanhol, o inglês, o italiano, o alemão e o francês. Sua primeira publicação foi em 1939, depois disso foram feitas mais de 70 edições do livro. Para mais informações e curiosidades sobre o livro clique aqui.

Espero que tenham gostado da dica... Até mais...

Ou melhor,

Bis bald!

4 comentários:

Caio disse...

Muito legal seu blog... adoro ler e com certeza vou aproveitar algumas das dicas.

Felipe disse...

Ja fui lá e votei!
Ficou linda a cara nova!
beijo

Vítor Torrez disse...

Anaa
Já li esse livro há um tempo. Muuuito bom! Eu também sou dessas pessoas estranhas que gostam tanto de ler quanto de matemática, aí combinou os dois gostos ^^

Beijos

Erica Ferro disse...

Ai, quero ler. Parece ser bem interessante. *______*