quinta-feira, 18 de junho de 2009

18/06

Há exatos 67 anos, em 1942, nascia em Liverpool (Inglaterra), Paul McCartney, o beatle que junto com John Lennon formou uma das maiores duplas de compositores da história da música. Além disso os dois também eram os líderes dos Beatles, a mais importante bando dos anos 60, sendo McCartney o responsável pela entrada de George Harrison na banda, já que foi ele quem convenceu Lennon a aceitá-lo na banda.
Com os Beatles, McCartney alcançou fama mundial e sem dúvida é o baixista mais famoso da história do rock. Paul era o beatle que mais compunha baladas, dentre as quais se destaca 'Yesterday', a canção mais regravada por outros artistas de todos os tempos.
Paul foi o primeiro beatle a iniciar uma carreira solo, chegando até mesmo a fazer a trilha sonora de um programa de TV, pelo qual ganhou um prêmio. Na mesma coletiva em que anunciou o lançamento de seu primeiro CD solo, Paul comunicou o fim dos Beatles, sem o consentimento dos outros membros da banda, deixando-os chateados, e, por isso, chegou até mesmo a ser chamado de traidor.
Após o fim dos Beatles, Paul formou com sua primeira esposa, Linda, uma banda chamada Wings, que terminou em 1979, após Paul ser preso no Japão por porte de Maconha. No mesmo ano, o Guinness declarou Paul o compositor musical de maior sucesso de todos os tempos, já que 29 de suas composições alcançaram o 1° lugar das paradas norte-americanas, sendo que 20 delas eram de sua época de Beatles e da parceria Lennon/McCartney.
Em 1997, o britânico Barry Miles pblicou a biografia autorizada de Paul McCartney, com o título de 'Many Years From Now'. Em 2008, a revista Rolling Stone o elegeu 11° cantor de todos os tempos. Além de canhoto, Paul também é vegetariano: "Há muitos anos, estava pescando e, enquanto puxava um pobre peixe, entendi: eu o estou matando, pelo simples prazer que isso me dá. Alguma coisa fez um clique dentro de mim. Entendi, enquanto olhava o peixe se debater para respirar, que a vida dele era tão importante para ele quanto a minha é para mim", ele justificou à imprensa.

Bom, se eu fosse reescrever tudo que está publicado por aí sobre o Paul, que devo admitir, sempre foi meu beatle favorito, apesar de eu não poder justificar, eu escreveria demais, então vou encerrar o post por aqui. Mas não sem antes comentar o fuzuê que deu com a notícia da suposta morte de Paul, nos anos 60, coisa que ainda é uma lenda do rock. Para maiores informações a respeito dessa maravilhosa história, sugiro que vocês entrem
nesse site, que é tudo muito bem explicado e realmente interessante de ler (link roubada descaradamente da Rúbia).
Ah, sim, tudo aqui dito, ou melhor, escrito, foi retirado da
Wikipédia. Agora, pra encerrar, a música mais regravada por outros artistas de todos os tempos, cuja composição é do Paul. Com vocês, 'Yesterday':


4 comentários:

Mr. Blue disse...

Muito Bom!!!

Paul McCartney é foda realmente. Eu gosto munto da carreira solo dele tbm, eu tenho aki um LP do Paul & The Wings, e não sabia que ele tinha formado a banda com a mulher dele...

E essa história aí hein! Eu já conhecia, numa época em que eu estava muito vidrado nesse negócio de mensagens subliminares eu acessei vários sites sobre isso, li sobre várias, até ficava tentando procurar em tudo o que eu via ou ouvia. Isso aí deixa a gente louco, parei com essas coisas...ahahahahua

Luiza Padovezi disse...

gente não sabia q ele tinha nascido nesse dia não!!
parabéns para o gênio!
otimo post

Bittencourt disse...

Simplesmente o cara. diga-se que yesterday é uma das músicas mais tristes q existe. talvez só perca pra my way.

Rúbia Ness disse...

amo ele demais. Voce citou meu nome e eu nem fiquei sabendo, uhauahauhaua
bejo. ate mais