quarta-feira, 15 de julho de 2009

♫ Velhas lembranças que me fazem chorar de rir ♫*

Outro dia, numa simples troca de depoimentos, acabei usando um velho apelido dela. Velho e esquecido. Como as duas estavam online no orkut, começou um troca-troca de recados (apesar de estarmos ativas no MSN, aliás, já aconteceu de nós duas conversarmos via MSN e via orkut... sim, a gente não tem mais o que fazer) e mil histórias e apelidos voltaram à mente.
Fomos colegas por 4 anos. Em 4 anos acumulam-se muitas histórias. Histórias que jamais poderiam ser lembradas de uma vez só, mas aos poucos. Nessa nossa conversa, lembramos dos apelidos, mas no fim das contas, cada apelido traria mais umas quantas histórias, ficaríamos dias relembrando, se isso fosse possível. Foi por isso que eu tive que sair antes que perdesse o controle e passasse a noite falando de recordações antigas via orkut.
Saí no exato momento que começavamos a relembrar dos colegas, muitos dos quais não temos mais notícias. Claro que tinhamos aqueles colegas com os quais não conversávamos muito e aqueles que às vezes eram um tanto irritantes por um motivo ou outro, mas nada disso impede que seja bom lembrar deles.
É estranho pensar que uma coisa que foi tão comum por um bom tempo (a velha escola e os antigos colegas), de um momento para outro passa a ser uma lembraça distante e talvez até irreal de um certo ponto de vista, já que algumas histórias parecem inacreditáveis. E a cada dia essas lembranças vão ficando mais distantes e vão surgindo outras tantas. Quanto mais lembranças, mais difícil de lembrá-las.
Mas então, com uma dose de sorte do destino (se é que isso realmente existe), reencontraremos alguém que não víamos a anos. Isso por si só já nos trará muitas lembranças mas, com uma boa conversa, histórias serão trocadas e nós simplesmente sorriremos sozinhos, pelos dias que se sucederem ao reencontro, lembrando disso e daquilo lá. Realmente, acho que as lembranças são uma das coisas mais importantes e interessantes da vida, além é claro, de ser muito divertido...
____________________________________________
Texto para Blorkutando
*Sim, é uma música do CPM 22, acho que a única das mais recentes deles que realmente gosto. Até antes de 'Felicidade Instantânea' eu até podia dizer que gostava deles, mas depois as músicas ficaram um tanto chatas... Acho que só as primeiras músicas deles são realmente boas, aliás, acho que a maioria das bandas fizeram suas mellhores músicas no começo da 'fama'.

2 comentários:

Mr. Blue disse...

CPM22 Aninha? Ahh não, caiu no meu conceito...

heheh, brincadeira, realmente, concordo com você quando vc diz que a maioria das bandas fizeram suas melhores músicas no começo da carreira, CPM é uma delas!

E belo texto hein! Estão cada vez melhores, carambolas menina, logo logo vc escreve um livro!

Erica Ferro disse...

"E a cada dia essas lembranças vão ficando mais distantes e vão surgindo outras tantas. Quanto mais lembranças, mais difícil de lembrá-las."

Muito bom seu texto, Ana!

Bem leve, fácil de ler.

:*

(E logo logo você escreve um livro!)