sábado, 22 de agosto de 2009

A tal da gripe...

Sinceramente, ando impressionada e assustada com todo o pavor gerado por essa gripe. Quer dizer, é uma gripe, nada mais. Se tu te cuidar e coisa e tal, obviamente não vai haver problema. Não sei como estão as coisas pelo resto do país, mas aqui no Rio Grande do Sul, mais especificamente aqui em Caxias do Sul, onde dizem tem, junto com Coritiba, um dos maiores índices de morte, as pessoas estão alucinadas com essa história. É máscara, álcool gel e janelas escancaradas pra tudo que é lado.
Não, não estou criticando os cuidados. Estou criticando a neurose. Quer dizer, me corrijam se eu estiver errada, mas se essa é só um tipo mais 'forte' de gripe, quer dizer que ela é transmitida do mesmo modo que a comum, certo? Então por que, até esse aparente surto de gripe A, ninguém se preocupava com tantos cuidados? Por que ninguém se preocupava em abrir as janelas dos ônibus e das salas de aula durante um dia úmido de inverno? Por que ninguém lavava as mãos de 5 em 5 minutos? Por que o álcool gel era utilizado só para uso doméstico? Por quê?
Não me digam que é porque a gripe comum não mata, porque mata sim, se tu não tiver cuidado e ela evoluir para uma pneumonia. Milhares de pessoas morrem todo ano por causa de complicações causadas pela gripe. Milhares. E a gripe A? Matou meia dúzia de pessoas em todo o país e todo mundo já ficou paranóico, dizendo que toda pessoa que não tinha a causa da morte identificada logo tinha morrido de gripe A. Como aquela guria que foi pra Disney. Mal ela morreu já disseram que era gripe A, aí, quando descobriram que na verdade ela morreu de pneumonia, ninguém deu bola porque todo muito já tinha 'absoluta certeza de que ela tinha morrido de gripe A'.
Olha, eu concordo com cuidados e coisa e tal, mas isso não significa ficar paranóico. Quer dizer, de que adianta adiar as aulas? E se resolvessem fechar tudo, mercado, bares e etc? Se isso acontecesse, qual seria o resultado? Pessoas mais prisioneiras ainda em suas próprias casas? Morrendo de tédio e, quem sabe, fome? Sim, porque se eles parassem o mundo por causa da gripe, ninguém ganharia dinheiro (que, aliás, é outra perigosa fonte de contágio. Cuidado!) e não poderia comprar comida, se é que os mercados estivessem abertos.
Certo, talvez eu esteja exagerando, mas não duvido de mais nada. Quer dizer, parece que o surto está passando, e consequentemente a neurose das pessoas, mas mesmo assim, durante 1 mês os brasileiros provaram que não se pode duvidar da capacidade deles de ficarem paranóicos de uma hora pra outra... O pior de tudo mesmo, é que assim que a mídia parar de falar em gripe A, tudo voltará a ser como era e ninguém se importará em pegar uma gripe comum. As escolas vão tirar o sabonete líquido e não colocarão nem mesmo um sabonete em barra nos banheiros; os ônibus voltarão a ficar lotados e com as janelas fechadas, não importando se todos os passageiros estão com a gripe comum; e ninguém mais se lembrará de todos os cuidados que teve na época da gripe A. Meigo, não?

2 comentários:

Erica Ferro disse...

Pois é, Ana! Concordo contigo plenamente.
As pessoas entraram num estado de 'piração' por causa dessa gripe.
E, com certeza, quando tudo isso passar, todos voltarão a viver como sempre viveram: descuidadamente.

Ótimo post!
Amei!
Beijo.

Mr. Blue disse...

Nossa, assino embaixo do seu post, não poderia concordar mais, compartilhamos a mesma opinião!!

Com relação ao adiamento das aulas, sinceramente não compreendi qual foi a lógica adiar as aulas, por acaso o vírus da gripe, uma vez ciente disso, se afastaria das cidades porque as aulas foram adiadas, ele entenderia, o governo agora se comunica com o vírus. Ou segundo o humorista Zé Simão da Folha de S. Paulo, gripe suína só pega em sala de aula, pq adiadas as aulas a galera aproveitou ainda mais pra curtir as férias e ir num cineminha, na balada, no barzinho, enfim, aí tudo bem, só na sala de aula mesmo que mora o perigo.

E quer saber mais um aninha? Eu às vezes acho que eu não sou ser humano, ooo bichinho arrogante e burro que é esse tal de humano. Eu sempre tomei medidas de higiene pessoal como lavar a mão depois de usar o banheiro e pegar no trinco da porta de banheiro em lugares publicos com um pedaço de papel na hora de sair, são coisas que aliás já me renderam "elogios" do tipo "maluco" ou "paranóico", mas eu discordo, acho que isso é o mínimo que todos deviam tomar de cuidado com sua higiene, po, que custa fazer isso, é q o brasileiro é um povinho macunaima demais então tem preguiça até disso e quem é um pouco mais limpinho já é louco, porque saiu do convencional, do senso comum, se for assim eu tbm quero ser um "maluco beleza" igual o raulzito, porque eu tbm tomo varias atitudes "não-convencionais" com outras coisas na vida e não me igualo muitas vezes ao ser humano.

Ah e respondendo aquele seu comentario, realmente, sumi, nao andei comentando no seu blog mas eu tenho visto alguns posts, é que eu só li mesmo e nem comentei, mas eu to tendo pouquissimo tempo agora, pq eu to ficando td dia no cursinho estudando, entao até o "FdJ" tá ficando meio as moscas mesmo...