domingo, 20 de setembro de 2009

20/09

Exatamente hoje, Wander Wildner completa meio século de vida! Tudo bem, sei que muita gente não gosta dele, mas não podia deixar esse dia passar, afinal já fiz isso ano passado. Além do mais, há muito que venho me enrolando pra fazer um post sobre o Wander. Então, desculpem se não satisfaço todos, mas realmente adoro o Wander e tenho que fazer esse post.

Nascido em Venâncio Aires, a capital nacional do chimarrão, ficou conhecido por participar da banda de punk rock, que ficou conhecida nacionalmente nos anos 80, Os Replicantes. Após sair, em 1989, da banda, Wander Wildner volta em 2002, com a saída do então vocalista Carlos Gerbase. Em 2003, ainda na banda, Wander fez uma turnê na Europa, onde Os Replicantes fizeram 24 shows em 27 dias. A turnê saiu em DVD, em 2006, com o título: 'Go Ahead: A Primeira Tour na Europa a Gente Nunca Esquece'. Logo após a turnê, Wander saiu outra vez da banda e não voltou mais (até agora), sendo substituido por Júlia Barth.

Com Os Replicantes, Wander lançou 8 CDs e mais 4 coletâneas, sendo uma delas 'Rock Grande do Sul', da qual também participaram DeFalla, Engenheiros do Hawaii, TNT e Garotos da Rua; além de 3 DVDs, ou melhor, VHSs, já que não creio que foram lançados em DVD. Na carreira solo, iniciada em 1996 com o CD 'Baladas Sangrentas', Wander já lançou 6 CDs e mais 2 coletâneas próprias. Em 2005 participou da gravação 'Acústico MTV Bandas Gaúchas' (um dos meus favoritos), que teve participação também de Bidê ou Balde, Cachorro Grande e Ultramen, lançando todos à carreira nacional.

O primeiro sucesso d'Os Replicantes foi a música 'Nicotina', que resultou no 1° clipe gaúcho de rock. O primeiro compacto da banda, que saiu em 1985, continha essa música, 'Surfista calhorda' (um dos maiores sucessos da banda, que também deu origem à um clipe), 'Rockstar' e 'O futuro é Vortéx', que deu título ao LP lançado no ano seguinte, pela RCA, atual BMG. Depois disso a banda deslanchou e fez sua carreira nacional, tendo sucessos como 'Festa punk'.

Já na carreira solo, Wander estreiou logo com os sucessos 'Bebendo vinho' e 'Eu tenho uma camiseta escrita Eu Te Amo', além da gravação da música 'Empregada', do Graórréia Xilarmônica, e 'Lugar do Caralho', do Júpiter Maçã. Ao longo da carreira alavancou outros sucessos como 'Quase um alcoolatra' (99), 'Jesus voltará' (99), 'Mantra das possibilidades' (2001), 'Eu não consigo ser alegre o tempo inteiro' (2004) e 'O reverendo rock gaúcho' (2008).

Na carreira solo, começou a compor e algumas de suas músicas já foram regravadas por vários artistas, como Ira!, que gravou 'Bebendo vinho'.

Bem, bem, o que mais tenho a dizer? O Wander pra mim é um dos caras mais geniais da música, apesar de fazer parte do grupo de gênios incompreendidos. Digo isso, porque ao contrário de outras bandas, como Vera Loca, dificilmente consigo fazer alguém gostar das músicas dele... Mas não desisto facilmente, uma hora alguém vai gostar de conhecer ele! Certo, então vamos aos vídeos. Vou tentar não colocar os vídeos que já coloquei aqui, então se quiser ver outros, dá uma buscada aqui no blog através da barra de pesquisa ou da classificação ('Vídeos - Rock Gaúcho'), ou direto no YouTube, como preferir. Ah, sim, parabéns Wander!










_____________________________________


Pesquisa em:


Um comentário:

Erica Ferro disse...

Ana!
Não conhecia esse cara e nem Os Replicantes. =P
Mas, enfim, agora conheci (graças a Ana).

Tu me disseste pra ouvir uma música dele, mas eu esqueci qual era. :S
Depois me diz, tá?

Beijo.

P.s: Ana Seerig é cuuuultura. :D