sexta-feira, 8 de julho de 2011

What a wonderful world


O meu mundo maravilhoso não é complicado, não é utópico. Pelo contrário, é bem simples. Mas o que me parece simples, me parece igualmente difícil de encontrar, meio que em extinção. Não, meu mundo maravilhoso não é um que natureza e pessoas estão espetacularmente interligadas e todos se amam e tal e tal. Gente demais espera por isso e não parece haver muita diferença... Se bem que, talvez, as faltas que impedem o meu mundo maravilhoso de existir, impeça, consequentemente, o resto dos sonhos alheios.
Meu mundo maravilhoso? Bom, pode ser que isso seja mais utópico do que pra mim pareça; ou em meu interesse em demasia pelas pessoas, que me faz esperar mais do que elas costumam ser; mas eu realmente acharia maravilhoso um mundo em que as pessoas tivessem mais personalidade. Sim, já falei inúmeras vezes por aqui e por todos os demais lados que acho que personalidade é o mínimo que uma pessoa deve ter para ser alguém que mereça atenção, na minha humilde opinião.
De qualquer modo, vou tentar mudar o ponto de ataque pra algo que tem me chamado a atenção nos últimos dias: comprometimento. Ao que parece, muitas pessoas acham que assumir um compromisso é apenas arrumar um namoro para anunciar por ai. (Me controlarei e não retomarei minha teoria que ultimamente chamo de "relacionamentos fracassados".) Ando me sentindo um tanto deslocada ao reparar que alguns seres não se ocupam do que se comprometeram a fazer ou mesmo de justificar o que fizeram. Em geral, de assumir suas atitudes, feitas ou não.
Pode ser que eu esteja neurótica, que tenha algumas manias que não percebo que ultrapassaram ou seja apenas implicante; mas a verdade é que esperaria que as pessoas dissessem "Eu vou fazer" quando realmente tivessem intenção de fazer o que afirmam, seja pagar uma conta ou conferir a caixa do correio. Também espero que as pessoas saibam justificar suas atitudes, como porquê subitamente mudou de conceito sobre uma pessoa ou porquê deixou de ler um livro pela metade.
Quer dizer, será mesmo que é só mania de explicação? Esperar que as pessoas digam a alguém "Estou chateada contigo em tal e tal ponto e, por isso, não estranhe se eu me afastar" em vez de simplesmente evitar a pessoa é neurose minha? Ou confiar quando alguém diz "Farei isso" e depois dar com a cara na porta, é ingenuidade da minha parte? Será que é tão errado assim dizer "Eu não sou assim" em vez de deixar as pessoas pensarem o que quiserem e criarem uma impressão errada?
Não, não acho que me explique demais. Explico o necessário. Penso eu que, o que não se quer explicado, não necessita ser divulgado. De verdade, qual a razão de se assumir pela metade algo? Prometer e não fazer. Fazer, anunciar e não saber justificar a razão disso pra si mesmo? (Não consegui escapar dos relacionamentos fracassados por muito tempo.) Acho extremamente tosco as pessoas saírem anunciando, por exemplo, um novo namoro, depois de ter terminado um suposto "grande amor" há uma semana, sendo que nem sabem exatamente quem é a pessoa com quem estão compartilhando essa "imensa alegria" e muito menos sabem dizer o que lhe chamou atenção nela.
Falo de compromisso com pessoas, com atitudes, com modos de pensar. Meu mundo maravilhoso é aquele feito por pessoas que sabem quem são, o que fazem, o que pensam. E sabem com uma clareza suficiente para agir como prometem suas palavras. Amigos são amigos, esclarecem diretamente seus problemas, sem fuga e confiança única em um terceiro ser. Namora-se uma pessoa com quem se tenha uma real razão pra se estar junto, talvez meio abstrata, mas que cause antes um sentimento do que um anúncio ao público. Acordos são feitos com o intuito de serem cumpridos, sejam comerciais ou meramente pessoais. Cada um tem um estilo de vida que é explicado por seu modo de pensar que, por sua vez, pode ser explicado, com a opção de ser ou não aceitado pelo outro.
Enfim, meu mundo maravilhoso é... utópico. Devo admitir que, ao fim desse texto, é o que ele me parece. Eu acho que, assim como a Pandora, eu devia tentar gostar de cachorros já que, dizem, é o melhor amigo do homem, e parar de reparar tanto nas pessoas... Seria menos frustrante, acho.

10 comentários:

Allyne Araújo disse...

adorar eu adorei, mas sendo sincera, isso é mais um puxao de orelha em mim do que adoração (eu tanto fujo dos meus compromissos medianos, do que como uso a frase "eu vou fazer") meus comprimossos médios sao mais deixados de lado do q outra coisa, e é tao tal que tuas cartas até agora nunca chegaram, q eu nunca compri com minhas visitas demoradas nas casas dos meus amigos que moram fora do centro e bla bla bla.. Acho q personalidade envolve algo como ser responsavel, tipo "eu sou reponsavel por isso entao eu tenho q cumprir com minhas palavras", e tentar, pelo menos, firmar e cumprir com o que esta acertado..
No caso de pessoas e relacionamentos (seja de amigos, namorados, parentes e coisa e tal) eu sempre me mantenho a distancia até q eu seja cativada e vice e versa, pois acredito que "vc" se torna responsavel pelo outros quando isso acontece (e nao é plagiando Exupére não, é mais fato do que fabula), então é um negocio sério e um assunto com muito pano pra manga que nunca será esgotado assim em um scrap de blogger e nem em uma só conversa de msn...
com sempre, arrasou nana!!!!!!!! beijoooo e se cuida!!!!!!!!!!!

VaneZa disse...

Hoje vc tocou na ferida... particularmente na minha ferida.

Tbm tô de saco cheio de ser sincera e direta com as pessoas e não receber o mesmo em troca. Como vc mesma citou... pessoas que prometem e não cumprem, sem compromisso... e o que é pior... sem atitude. Tô cansada de fazer tudo sozinha, de ir atrás de tudo sozinha... de dar oportunidade das pessoas falarem que simplesmente não querem, e mesmo assim continuarem dizendo que sim, mas agirem de outra forma. Eu tô cansada de ter que interpretar sinais... isso cansa... principalmente quando vc dá liberdade às pessoas de dizer que SIM ou que NÃO. Esses joguinhos me cansam.

Nem sei se o que eu disse tem há ver com o que dissestes... o que eu sei é que acabou saindo um desabafo meio sem querer.

BeijoZzz

Pandora disse...

Assim, só para começar o blábláblá... que honra ter sido citada por vc Ana!!!

Meu mundo perfeito também não é complicado, nem assim tão fora do possivel, é só o mundo onde as pessoas sabem que não precisam mentir para conseguir as coisas, especialmente de mim.

"Namora-se uma pessoa com quem se tenha uma real razão pra se estar junto... Acordos são feitos com o intuito de serem cumpridos... Cada um tem um estilo de vida que é explicado por seu modo de pensar que, por sua vez, pode ser explicado, com a opção de ser ou não aceitado pelo outro."

Me pergunto se isso é um pedido tão extrema, pq no fundo o nosso mundo perfeito é só aquele onde há sinceridade... Mas no fim, parece que sinceridade em um mundo feito de seres humanos é artigo de luxo a ser encontrado de vez em quando, aqui, ali e acular...

Por isso entendo perfeitamente e sempre quem ama os cachorros.

VaneZa disse...

Ah! Só pra dizer que teu post e o da jaci me fizeram escrever e aí eu citei vcs.

BeijoZzz

VaneZa disse...

Ah! Eu ia te perguntar se vc já ouviu falar das bandas

A BANDA MAIS BONITA DA CIDADE

E

APANHADOR SÓ

Afinal... vc é a mulher que saca de música.

VaneZa disse...

Como não tenho o teu email vou falar por aqui mesmo. rs

Na realidade eu gosto de coisas que ainda não se popularizaram... mas é como vc disse... com essa parada de twitter, face e outros tantos... o raro acaba virando pop muito rápido.

Eu gosto de esperar a febre passar. Normalmente eu nem vou atrás de ver... mas o Apanhador Só eu gostei do estilo dos caras e A Banda Mais Bonita da Cidade eu achei que fez aquela música para mim.

Lembro do tempo que a gente descobria essas bandas assim... fuçando muito, pesquisando muito... essa discussão dá até um post... não pra mim... pq não saco nada dessa parada. rs

BeijoZzz

Dama de Cinzas disse...

Sim... amo os animais e cada dia gosto mais deles, aprendo mais com eles e paralelamente me decepciono com o ser humano. Mas continuo acreditando no ser humano. Se não acredita é melhor desistir de viver... rs

Beijocas

Dayane Pereira disse...

Primeiro, adoooorooo essa músicaa!
E acho que o mundo perfeito de cada um sempre estará longe de ser alcançado pela pessoa, pois ela sempre irá ver aquilo que esta errado no mundo real. Vc tem a sua ideia sobre as coisas (que eu concordo mt nesse caso), mas que a maioria das pessoas pensam diferente sobre.. ou mesmo que não pensem diferente, o mundo esta tão "virado", que acabam por fazer diferente. Em relacionamentos amorosos então, nem se fala. As pessoas perderam o sentido de compromisso a começar daí.

Cinderela Descaída disse...

Querida:
Bom, não sou expert em nada, então vou dar o meu pitaco:
Parece que hoje tudo é efêmero e ninguém mais valoriza coisa alguma além da aparência. E a cortesia onde foi parar? As pessoas só pensam em si, em se satisfazer, em serem felizes e os outros que se explodam.
Eu tento ser diferente, tento prestar atenção às pessoas e tento ser educada. E procuro ensinar isso às minhas filhas.
Acho que algo deve mudar em breve, porque não há possibilidade das coisas permanecerem assim por muito tempo. Pelo menos eu acho.
E me perguntaste sobre meus contos. Estou desenvolvendo, escrevendo, aprendendo. É um ciclo. Espero conseguir publicá-los um dia.
beijo e boa semana

Luna Sanchez disse...

Fiquei pensando que se eu tivesse que descrever hoje o meu mundo perfeito, não poderia fazê-lo com palavras, Ana. Só saberia mostrar uma determinada imagem. E não sei até que ponto isso é bom...

Um beijo.